You are currently viewing Quais os sintomas de infecção pélvica (DIP)?

Quais os sintomas de infecção pélvica (DIP)?

A doença Inflamatória Pélvica (DIP), é uma infecção pélvica que atinge os órgãos reprodutores femininos, e que dependendo do caso, pode ter consequências sérias às mulheres.

A principal causa de DIP ocorre por bactérias transmitidas durante o ato sexual desprotegido.

Em casos raros, a contaminação pode ocorrer durante a menstruação, no pós-parto e em casos de aborto.

Uma outra causa é quando ocorre a inserção do DIU, SIU ou em procedimentos que envolvam a inserção de instrumentos contaminados no útero, porém esse caso é ainda mais raro.

Sintomas de infecção pélvica

Os sintomas da DIP incluem:

  • dor;
  • corrimento vaginal anormal;
  • odor desagradável;
  • sangramento uterino;
  • dor na relação sexual;
  • febre e micção dolorosa.

É importante ressaltar que quando não tratada, a infecção pélvica pode evoluir para uma dor crônica.

Por isso, caso você sinta algum desses sintomas, procure atendimento médico.

Diagnóstico

O diagnóstico costuma ser feito com base nos dados obtidos da história clínica, do exame ginecológico, nas análises de sangue, urina e na avaliação laboratorial.

O profissional irá determinar a origem da doença inflamatória e iniciará o tratamento, mais rapidamente possível, evitando sua evolução e consequências.

Vale lembrar que, em casos de complicação, a DIP pode causar a gravidez ectópica, infertilidade, o abscesso nas tubas uterinas, e a dor pélvica crônica.

Portanto, fique atenta aos sintomas e discuta qualquer
um deles com seu médico ginecologista!

Veja também: Uma vagina livre é uma vagina feliz

Tratamento

A infecção pélvica pode ser curada caso seja tratada precocemente.
Entretanto, algumas mulheres não apresentam os sintomas e é perigoso, pois a infecção pélvica pode afetar outras partes do corpo como ovários, trompas e endométrio, além de dificultar uma possível gravidez.

Por isso, a importância do acompanhamento anual do ginecologista.

O tratamento é realizado no casal com o objetivo de eliminar os microorganismos e prevenir a volta da infecção.

Normalmente o tratamento consiste na administração de medicamentos antibióticos que devem ser tomados seguindo as orientações, respeitando a dose e a duração recomendadas pelo médico.

Espero que tenha compreendido o que é a infecção pélvica.

Aqui na Clínica Mantelli temos profissionais especializados para lhe ajudar.

Leia também: Corrimento vaginal recorrente é normal?