You are currently viewing Candidíase de repetição tem cura?
candidíase de repetição tem cura?

Candidíase de repetição tem cura?

Por mais recorrente e comum que seja, a candidíase nunca deixa de ser um incômodo.

A candidíase afeta, em média, 80% das mulheres em algum momento da fase reprodutiva. Entre essas, 5% desenvolvem a candidíase de repetição.

O que é a candidíase de repetição? Será que essa é uma doença que não tem cura? 

Para tirarmos essa dúvida e tratar do assunto com a profundidade que ele merece, elaboramos esse texto.

Leia até o final e saiba tudo sobre candidíase de repetição. 

O que é a candidíase? 

Candidíase é uma doença causada pelo fungo Candida albicans.

Ela é presente na pele, a boca e a flora vaginal, e causa a infecção quando se reproduz em excesso.

Existem diferentes tipos, como: 

  • Candidíase vaginal:

É a forma mais comum da doença. Ocorre principalmente nas mulheres com a imunidade enfraquecida.

  • Candidíase peniana:

Embora não seja tão frequente como a feminina, a versão masculina da doença também precisa de atenção.

É desencadeada por enfraquecimento imunológico.

  • Candidíase oral:

É chamada popularmente de sapinho, é mais comum em bebês, crianças, idosos e pessoas com doenças sistêmicas.

  • Candidíase mamária:

Ela ocorre principalmente em mulheres que amamentam bebês que têm a versão oral da condição.

Mas o que caracteriza candidíase de repetição? 

Candidíase para ser considerada “de repetição”, é preciso que ela ocorra pelo menos 4 vezes ao ano. 

Seu diagnóstico deve ser realizado através de exame físico realizado pelo ginecologista.

De acordo com os episódios de repetição e os sintomas, o tratamento pode ser prescrito com anti-fúngicos e, com observação nas mudanças do estilo de vida.

Leia também:: Dicas importantes para manter a higiene íntima

Afinal, candidíase de repetição tem cura? 

Sim, a candidíase de repetição tem cura.

Para isso, é necessário um diagnóstico preciso para saber porque a infecção está acontecendo.

Depois disso, vem o tratamento. Esse tratamento precisa ser seguido a rigor, com muita disciplina.

Quando a primeira infecção de candidíase acontece, é comum que a recomendação seja comprimidos e pomadas anti fúngicos. 

Porém, esse tratamento é considerado uma forma de cura superficial para a candidíase de repetição, pois não elimina as chances de ocorrerem novos episódios.

Por isso as mudanças para hábitos de vida mais saudáveis serão recomendados.

Tudo isso,  para aumentar a imunidade e garantir que seu corpo fique forte para lutar contra bactéria. 

Outro tratamento é o banho de assento, a ideia é fazê-lo com o auxílio do bicarbonato de sódio ou flogorosa.

O banho de assento, ajuda melhorar a coceira da área afetada e o pH da vagina, aliviando assim os incômodos da infecção.

Cuidado com a higiene: candidíase de repetição está ligada a isso

O desequilíbrio dos fungos que habitam a flora vaginal também podem acontecer de forma externa.

Por exemplo, com o uso abusivo de produtos cosméticos cheios de químicos.

Também, ficar muito tempo com o biquíni molhado ou até sem trocar a própria calcinha podem acarretar em problemas como a candidíase. 

Uma das maneiras de fazer a higiene sem desequilibrar a flora intestinal é usando lenços umedecidos caseiros.

Como manter a higiene íntima de forma saudável?

Na hora do banho:

  • Dar atenção à área externa da vagina, pois é comum que haja acúmulo de óleo, gordura genital e células epiteliais;
  • Evitar o uso de sabonetes comuns, porque eles são alcalinos e podem provocar irritação no local;
  • Optar por sabonete neutro ou íntimo para casos de irritação ou corrimento de repetição;
  • Não utilizar materiais como cotonetes e buchas, pois podem gerar abrasão e machucar a pele;
  • Ao utilizar ducha, evite água muito quente para não comprometer a proteção natural da vagina.

O papel do ginecologista é fundamental 

Portanto, não será a primeira vez que falamos isso e nem a última: o papel do ginecologista é fundamental nesse processo. 

Por isso é um diagnóstico correto vai levar ao melhor tratamento. Isso é fundamental para que a saúde da mulher esteja em dia. 

Se você deseja saber mais sobre a saúde da mulher, confira os demais conteúdos deste blog.

Outra boa dica é acompanhar nosso canal no YouTube para ficar por dentro desse universo.