Bebê agitado: Entenda por que ele se mexe tanto dentro da barriga

Bebê agitado: Entenda por que ele se mexe tanto dentro da barriga

Um bebê agitado realmente pode fazer com que a sua barriga vire uma festa, não é mesmo? Pois é, o bebê faz muitos movimentos ao longo do seu desenvolvimento gestacional. E os movimentos vão desde piscadas, abrir e fechar as mãos aos famosos e aguardados chutes! 

Às vezes, as gestantes não entendem porque seu bebê se mexe tanto. Então, vem saber o motivo de tanta agitação na sua barriga!

Sabia que é muito positivo que o bebê se movimente na fase intrauterina? Isso significa que ele está bem oxigenado e nutrido. Portanto, o contrário é preocupante: a diminuição dos movimentos pode ser um sinal de alerta, como uma diminuição da glicose ou do oxigênio. Por isso, é muito importante que seu acompanhamento pré-natal esteja em dia.

Os movimentos intra uterinos do bebê são bastante importantes para a criação do vínculo mãe e bebê, pois acaba sendo criado um canal de comunicação. A partir dos movimentos, é inegável que o bebê está ali e isto fortalece o vínculo afetivo, que será reforçado no pós parto.

Leia também:::A importância do contato mamãe e bebê no pós-parto

Quais são os movimentos mais comuns do bebê ainda dentro da barriga?

Apesar de toda a folia, somente uma pequena parcela dos movimentos dos bebês geniais são percebidos pela mãe. Muitas vezes é através do ultrassom que podemos acompanhar o que eles aprontam dentro da barriga.

São vários os movimentos feitos dentro da barriga, sendo que alguns são muito frequentes. Os bebês costumam piscar os olhos – movimento que vai aumentando mais próximo do fim da gestação. Também costumam abrir e fechar as mãozinhas. Chupar os dedos das mãos e dos pés é um treino para a sucção depois do nascimento e ocorre muito ainda durante a gestação.

Além disso, um bebê agitado se estica, boceja e até soluça! A partir da 10ª semana de gestação esses movimentos podem começar a ser sentidos. Aí começa a curtição de observar o desenvolvimento do bebê e esperar o próximo chute!

Como o descanso do bebê nem sempre coincide com o da mamãe, esses movimentos podem ser sentidos inclusive durante o sono dela. Também, nos momentos em que a mãe se alimenta, o bebê tende a se agitar.

Quando acontecer o movimento também é uma oportunidade de bater um papo com seu bebê! Lembre-se que, a partir da 33ª semana, os bebês já escutam sons, inclusive vindos do mundo exterior.

E quando está perto do nascimento?

Deu para perceber que os bebês não param quietos dentro da barriga, não é? Mas, chegando ao nono mês de gestação, seu bebê vai se acomodar na posição do nascimento. Ele não se moverá tanto pois não haverá tanto espaço disponível para isso. 

Geralmente, os bebês ficam na posição cefálica, aquela em que estão de cabeça para baixo. Porém, podem ficar sentados ou na posição transversa. Para uma maior tranquilidade, pode ser indicada a fisioterapia obstétrica, para que o bebê se posicione da melhor forma possível, facilitando o parto.

Esperamos que este artigo tenha auxiliado você a compreender um pouco mais sobre porque o seu bebê é agitado!

E para você, mamãe, ter toda a tranquilidade nesse momento tão transformador e especial da sua vida e do seu bebê, agende sua consulta pré-natal com os nossos profissionais.

Até a próxima,

Equipe Mantelli.