You are currently viewing Útero retrovertido pode afetar a gravidez?
A beautiful pregnant woman on a gray background.

Útero retrovertido pode afetar a gravidez?

  • Post author:
  • Post category:Blog

Mulheres com o útero retrovertido têm a gravidez afetada? Essa dúvida é bastante comum aqui na Clínica Mantelli, e a boa notícia é que a condição não afeta a capacidade da mulher ter filhos.

 

Ter o útero retrovertido, aliás, é muito mais comum do que se pensa: essa condição afeta 25% das mulheres. Embora um útero retrovertido não cause problemas na maioria dos casos, algumas mulheres apresentam sintomas, incluindo sexo dolorido.

 

Ao contrário do que muitos pensavam no passado, a retroversoflexão do útero não é responsável pela infertilidade feminina. E é sobre esse tema que abordamos no artigo abaixo!

 

O que é o útero retrovertido?

Antes de engravidar e nas primeiras semanas de gravidez, o útero fica entre dois ossos: o sacro (o osso grande no meio da pelve, na base da coluna) e a sínfise púbica (uma articulação pélvica localizada acima da vulva). 

 

A maioria dos úteros se desenvolve inclinado para a frente, em direção ao umbigo. Mas se você tem um útero retrovertido, também conhecido como útero inclinado ou retroflexionado, ele cresceu naturalmente com uma inclinação para trás em direção à coluna.

 

Esta condição não é uma anormalidade ou um problema médico —  tanto que os médicos simplesmente se referem a ela como uma “variação anatômica normal”. É comparável a ter um segundo dedo do pé mais comprido do que o primeiro). 

 

Muitas mulheres com útero inclinado nem mesmo percebem isso, e isso não tem impacto na saúde do bebê. 

 

Posso engravidar se tiver um útero inclinado?

Um útero retrovertido não tem absolutamente nenhum impacto na sua capacidade de conceber ou na rapidez com que engravidará. Na verdade, muito poucas características anatômicas afetariam sua capacidade de engravidar. 

 

Esses problemas podem incluir tecido cicatricial no útero, que pode ser o resultado de uma infecção pélvica anterior, ou tecido cicatricial ao redor das trompas de falópio.

 

LEIA TAMBÉM>>> Conheça os sintomas da gravidez ectópica

 

Quais são os sintomas de um útero inclinado?

Você não notará nenhum sintoma de útero retrovertido antes de engravidar. No entanto, existem alguns sintomas que você pode observar no primeiro trimestre da gravidez:

 

Dor nas costas

É possível que cause mais dor nas costas, embora seja um sintoma comum em todas as gestações.

 

Dificuldade em esvaziar a bexiga

Alguns médicos afirmam que, em casos muito raros, se o útero em crescimento for muito inclinado para trás durante a gravidez, ele poderá empurrar a bexiga, dificultando o esvaziamento. 

 

Mais difícil localizar seu bebê

Há uma pequena chance de seu médico ter problemas para encontrar seu bebê com um  ultrassom transabdominal. Isso simplesmente significa que seu filho está um pouco mais longe daqueles que estão tentando dar uma olhada nele — mas não é um problema. Em vez disso, seu médico pode usar um ultrassom transvaginal (inserindo um bastão de ultrassom na parte superior da vagina) para obter uma visão melhor.

 

Sem problemas no parto

A boa notícia é que qualquer impacto negativo de um útero retrovertido desaparecerá no segundo trimestre da gravidez sem que você faça nada. Conforme seu bebê cresce no primeiro trimestre, seu útero se expande na cavidade pélvica. 

 

Mas entre 12 e 13 semanas, seu útero salta para fora de sua pélvis e para dentro de seu abdômen para acomodar seu bebê em crescimento. Nesse ponto, um útero retrovertido quase sempre se endireita para cima.

 

Dessa forma, o parto pode ocorrer normalmente, claro que dependendo da condição de cada mulher., que poderá ser normal ou cesariana.

 

Portanto, se você tem útero retrovertido, não se preocupe! Você poderá engravidar e ter seu sonhado bebê! Se gostou do artigo, nos siga também em nossas redes sociais. Em nossos canais no Facebook e Instagram compartilhamos informações valiosas para sua melhor qualidade de vida!

 

Até a próxima!