Conheça os sintomas da gravidez ectópica

A gravidez ectópica, também chamada de gravidez extrauterina, ocorre quando um óvulo fertilizado cresce fora do útero da mulher, em algum outro lugar de sua barriga. Quando isso ocorre, é vital estar atenta aos sintomas.

 

Pode causar sangramento com risco de vida e precisa de cuidados médicos imediatamente.

 

Em mais de 90% dos casos, o ovo se implanta em uma trompa de falópio. Quando isso ocorre, também é chamada de gravidez tubária. No entanto, em alguns casos uma gravidez ectópica ocorre na cavidade abdominal, do ovário ou no colo do útero.

 

Sinais da gravidez ectópica

Na maioria das vezes, uma gravidez ectópica ocorre nas primeiras semanas de gravidez. Você pode nem saber que está grávida e pode não notar nenhum problema.

 

Porém, os primeiros sintomas da gravidez ectópica são:

 

  • Sangramento vaginal leve e dor pélvica
  • Vômitos
  • Cólicas abdominais agudas
  • Dor em um lado do corpo
  • Tontura ou fraqueza
  • Dor no ombro, pescoço ou reto

 

Uma gravidez ectópica pode causar o rompimento da trompa de falópio. Os sintomas que mais merecem atenção incluem dor intensa, com ou sem sangramento intenso.

 

Fatores de risco e causas de gravidez ectópica

Você pode nunca saber por que está tendo uma gravidez ectópica. Uma das causas pode ser uma tuba uterina com algum distúrbio. Isso pode impedir que o óvulo fertilizado entre no útero.

 

Você tem mais probabilidade de ter uma gravidez ectópica se:

 

  • Tem doença inflamatória pélvica (DIP)
  • Fumar 
  • Têm mais de 35 anos
  • Ter uma infecção sexualmente transmissível
  • Tem cicatrizes de cirurgia pélvica
  • Teve uma gravidez ectópica anterior
  • Ter laqueadura ou reversão da laqueadura
  • Uso de medicamentos para fertilidade
  • Uso de dispositivo intrauterino (DIU)

 

Diagnóstico de gravidez ectópica

Caso você tenha uma gravidez ectópica, seu médico provavelmente fará exames para sua confirmação, que incluem um exame pélvico. Pode também ser feito um ultrassom para examinar o útero e as trompas de falópio.

 

Se uma gravidez ectópica for detectada em um estágio inicial, às vezes é necessário um medicamento chamado metotrexato para interromper o desenvolvimento do óvulo. O metotrexato nem sempre é necessário, pois em cerca de metade dos casos ocorre o aborto espontâneo.

 

Gestações ectópicas detectadas em um estágio mais avançado exigirão cirurgia para remoção do saco gestacional. Por exemplo, se uma gravidez ectópica continuar a se desenvolver, há o risco de o óvulo fertilizado continuar a crescer e romper a trompa de falópio, o que pode causar sangramento interno com risco de vida.

 

Busque ajuda médica especializada

Portanto, caso você sinta algum dos sintomas listados acima, busque atendimento médico com urgência. Como mencionamos, uma gravidez ectópica avançada pode causar vários riscos à mulher.

 

Se gostou de nosso artigo sobre sintomas da gravidez ectópica, a convidamos a ler também o artigo que preparamos o sobre como a idade afeta a fertilidade. Boa leitura!

 

Comentário

Nenhum comentário neste post. Faça o primeiro.

Deixe um comentário

WhatsApp