You are currently viewing O que é pseudociese? Entenda a gravidez psicológica  
Pregnant Woman at an early pregnancy holding hands on belly sitting on sofa at home

O que é pseudociese? Entenda a gravidez psicológica  

  • Post author:
  • Post category:Blog

Toda mulher, em algum momento da sua vida, pode  ter achado que estava grávida. Porém, em casos mais intensos, ocorre a gravidez psicológica, que é chamada de pseudociese.

 

Em algum momento, é comum as mulheres acharem que estavam grávidas, quando na verdade não estavam. Talvez sua menstruação tenha atrasado alguns dias e você só teve “aquela sensação” de que uma gravidez estava em andamento.

 

Talvez nesse atraso você possa ter pensado que estava experimentando alguns sinais de gravidez. Você pode até ter tido alguns sinais de gravidez precoce, como náuseas ou seios doloridos. 

 

Normalmente, porém, suas suspeitas (ou esperanças) são facilmente respondidas pela chegada da menstruação ou por um teste de gravidez negativo. Esse tipo de coisa é comum para a maioria das mulheres experimentar algumas vezes em seus anos férteis.

 

Mas, há outro fenômeno em que uma mulher experimenta os sinais dos sintomas da gravidez de uma forma muito mais pronunciada, com sinais físicos de gravidez às vezes óbvios e pronunciados, incluindo menstruação perdida, abdômen em crescimento e até chutes de bebê.

 

Esse fenômeno é conhecido como pseudociese, também conhecida como gravidez psicológica. É uma condição relativamente rara, mas séria, em que uma mulher exibe muitos dos sintomas da gravidez e acredita de todo o coração que está grávida, mas na verdade não está.

 

O que é pseudociese?

A pseudociese é diferente de um transtorno de saúde mental caracterizado por delírios de gravidez, como pode ser encontrado em uma pessoa que sofre de esquizofrenia ou psicose.

 

Embora os mecanismos psicológicos possam estar em ação no fenômeno da pseudociese — e podem realmente causar alguns dos sintomas — a pseudociese é caracterizada principalmente por sintomas físicos de gravidez em uma pessoa que não está realmente grávida.

 

A pseudociese é descrita na literatura médica como uma falsa crença de estar grávida que está associada a sinais objetivos e sintomas relatados de gravidez. Tais sintomas podem incluir aumento abdominal, fluxo menstrual reduzido, amenorréia, sensação subjetiva de movimento fetal, náuseas, ingurgitamento e secreções mamárias e dores de parto na data prevista para o parto.

 

Em outras palavras, uma pessoa que sofre de pseudociese não apenas acredita falsamente que está grávida, mas também pode apresentar sinais físicos de gravidez.

 

LEIA TAMBÉM>>> Conheça os sintomas da gravidez ectópica

 

Quais são as causas?

Não há muita certeza sobre o que causa a pseudociese. Muitas vezes, é considerada uma condição psicossomática, em que a crença ou esperança de que você está grávida faz com que seu corpo produza sintomas de gravidez.

 

Mas, em alguns casos, existem outras condições médicas que podem causar sintomas de gravidez. Entre eles, estão:

 

  • Um desejo intenso de engravidar após um aborto espontâneo 
  • Outra perda de gravidez que pode causar um desequilíbrio hormonal faz com que apareçam sintomas de gravidez
  • A distensão abdominal de outros fatores físicos, como ganho de peso, gases ou tumores, em combinação com delírios psicológicos da gravidez, pode fazer a mulher acreditar que está grávida
  • Outros fatores físicos e hormonais, como tumores hipofisários ou cistos, ou crescimentos ovarianos/uterinos, juntamente com o desejo de engravidar, podem fazer com que a mulher tenha pseudociese

 

Já os fatores que podem tornar uma mãe mais propensa a ter pseudociese incluem:

 

  • Uma história de depressão ou doença mental
  • Uma história de perda de gravidez
  • Problemas de fertilidade
  • História de trauma, abuso sexual ou abuso conjugal

 

Como é o diagnóstico da pseudociese?

A única maneira de saber com certeza se alguém está tendo pseudociese é realizar um teste de gravidez ou fazer um ultrassom. Se for demonstrado por meio de testes que uma mulher não está de fato grávida, mas ela acredita que está e também apresenta sintomas de gravidez, provavelmente será diagnosticada com pseudociese. 

 

Se a ausência de gravidez for confirmada, mas os sintomas físicos persistirem, outros testes podem ser administrados para descartar outros problemas médicos, como desequilíbrios hormonais ou crescimento de tumor.

 

Para algumas pessoas que estão passando por um episódio de pseudociese, os resultados dos testes ou um ultrassom que diz que elas não estão grávidas são suficientes. Com a confirmação da não-gravidez, muitos dos sintomas diminuam, especialmente se não forem causados ​​por outros problemas médicos.

 

Mas, para muitas pessoas com pseudociese, mesmo a prova de que não estão grávidas não as convence. Nesse caso, elas podem precisar estar sob os cuidados de um psiquiatra ou psicólogo. 

 

Dê todo o apoio 

É importante entender que a pseudociese é um assunto muito complexo. A pessoa que está apresentando pseudociese geralmente tem uma forte crença de que está grávida e pode ser difícil discutir com alguém que está realmente apresentando sintomas de gravidez.

 

Quando se confirma que o que aquela pessoa está vivenciando não é uma gravidez real, o luto que vem a seguir pode ser intenso. Às vezes, será virtualmente impossível convencer alguém que teve pseudociese de que não está grávida.

 

Se você está cuidando de um ente querido que passou por pseudociese, é importante ser gentil. Muitas vezes, a pseudociese resulta do trauma de ter perdido uma gravidez ou de ter sofrido de infertilidade.

 

A pseudociese é tratável e pode ser resolvida, mas pode ser dolorosa para a pessoa que a está vivenciando e também para seus entes queridos. Portanto, seja gentil – e também incentive seu ente querido a procurar ajuda profissional quando a situação o justificar.

 

Aqui na Clínica Mantelli temos uma equipe multidisciplinar que pode diagnosticar a pseudociese e dar todo o apoio necessário à mulher que tenha passado por esse momento. Entre em contato e agende uma consulta!