Como funciona a pediatria integrativa?

Como funciona a pediatria integrativa?

É fato: os pais sempre querem o melhor para os nossos filhos. Em primeiro lugar, querem que a saúde deles esteja sempre em dia. Nada é mais terrível do que ver um filho doente, não é mesmo?

Acontece que o mundo hoje em dia está muito diferente. Isso significa que existem diferentes motivos para adoecermos. Além do mais, também existem diferentes formas de tratar essas doenças. 

O melhor caminho é olharmos para o corpo como um todo. O que afeta os pequenos que pode fazer com que adoeçam?

Afinal, o que é pediatria integrativa?

É o resgate de uma pediatria mais tradicional. Onde o pediatra é praticamente o médico da família.

Assim, era possível avaliar pontos além da saúde física, como a emocional e psíquica. Dessa forma, é possível promover saúde e prevenir doenças. Além do mais, assim era possível evitar o uso de muitos remédios. 

Com o passar dos anos, com o avanço da tecnologia e aparecimento de novas técnicas de diagnóstico. Assim, os médicos acabaram se especializando. 

Hoje em dia, se você tem sintomas, acaba procurando um especialista para tratar aquele sintoma e usa medicamentos. Assim começou o uso indiscriminado de muitas medicações. 

Esqueceu-se de olhar para a criança como um todo para tentar tirar o uso de toda essa medicação. 

A pediatria integrativa é uma forma de olhar a criança como um todo. Não apenas perceber o sintoma, mas entender o que causa esse sintoma e aí sim, como ele deve ser tratado. 

O que mudou com o passar dos anos? 

Muitas coisas mudaram com o passar dos anos. Essas mudanças certamente influenciam na qualidade de vida dos nossos filhos. Veja só:

  • Mais estresse:

Temos que avaliar que com a modernidade, além do desenvolvimento da medicina, também houve desenvolvimento tecnológico. 

Dessa forma, as crianças passaram a ficar mais tempo dentro de casa. Com acesso maior a internet e celulares. 

Isso tirou um pouco a criança da natureza e de desenvolver a criatividade. Além do mais, os pais estão trabalhando mais. 

É comum que, além do tempo na escola, a criança também tenha uma série de atividades extra curriculares.

Isso faz com que a rotina das crianças hoje seja mais estressante do que era há alguns anos. Como você sabe, o estresse influencia diretamente na qualidade de vida e saúde de todos nós, inclusive das crianças. 

  • Alimentação industrializada:

Também com a modernidade, surgiram também os alimentos industrializados. Corantes, aromatizantes, edulcorantes, açúcares, sódio… Tudo isso afeta a saúde dos pequenos. 

O ideal é que os alimentos sejam mais naturais. Lembre-se de descascar mais e desembalar menos. 

  • Relações interpessoais: 

A forma como nos relacionamos também mudou. Seja com os pais ou irmãos ou até mesmo com outras crianças, relações por vezes são conflituosas.

Hoje contamos com uma série de aparatos que podem aproximar ou distanciar ainda mais as pessoas. No entanto, a verdade é que se relacionar nunca foi algo fácil. 

Esse processo, que faz parte do crescimento, interfere na saúde de uma forma ou de outra. 

Pediatria integrativa: porque a criança está ficando doente?

A partir da análise de todos esses pontos (e muito mais) é feita a seguinte pergunta: porque a criança está ficando doente?

Em nosso corpo, temos toxinas ambientais. Isso é, toxinas poluentes do ar, vivemos em cidades grandes, comendo alimentos com agrotóxicos. Temos também, um processo de drenagem. 

Se esse processo de drenagem não está funcionando corretamente, aparecem as doenças. Essas doenças vão evoluindo. Se tratamos apenas do sintoma, em breve ela aparecerá novamente e continuará evoluindo. 

Então, na pediatria integrativa, usamos técnicas e medicamentos com base na medicina chinesa, na homeopatia e na antroposófica. Tudo isso com o objetivo de melhorar o sistema de drenagem e melhorar a saúde. 

Como funciona a consulta na pediatra integrativa 

Durante a consulta, a Dra. Cecília Tartari não apenas conversa com os pais, mas também avalia a criança. Ou seja, a criança brinca com brinquedos educativos, percebe a relação dos pais com as crianças. 

Além disso, faz perguntas sobre como foi a gestação e até mesmo sobre como foi a infância dos pais, se foram crianças que ficaram muito doentes. Afinal, existe uma interferências genéticas.  

Algumas das coisas que será incentivado após a consulta é:

  • resgatar brincadeiras ao ar livres;
  • incentivar o contato com a natureza;
  • ter contato com animais;
  • tomar sol;
  • estimular brincadeiras com papel, cola, papelão;
  • desenvolver a criatividade;

Além disso, a relação de respeito também é tratada. Respeito dos pais para crianças e das crianças com os pais. 

Enfim, já podemos perceber quais são os benefícios desse tratamento para a criança, não é mesmo?

Se você tem interesse pelo assunto, não deixe de nos acompanhar nas redes sociais e de conferir nossos vídeos no YouTube. Nesses canais falamos frequentemente sobre assuntos como esse, sempre prezando pela saúde das famílias.