You are currently viewing Episiotomia: Será que é preciso realizar esse corte?

Episiotomia: Será que é preciso realizar esse corte?

Os médicos da Clínica Mantelli não apoiam a Episiotomia.

O que é a episiotomia?

A episiotomia é um pequeno corte cirúrgico feito no períneo, que é a região entre a vagina e o ânus.

Por isso, esse corte é feito por alguns profissionais com o objetivo de alargar a abertura vaginal quando a cabeça do bebê está prestes a nascer.

Durante o parto normal NÃO é preciso realizar esse corte (Episiotomia).

Portanto, tenham muito cuidado com profissionais que realizam episiotomia de rotina!

Ainda mais, com o profissional que já no pré-natal avisa a paciente que se o parto for normal precisará fazer um corte para ajudar o bebê a nascer.

Não existem evidências clínicas comprovando qualquer indicação de episiotomia.

Por outro lado, o que existe é justamente o oposto, falando quanto o uso rotineiro dessa prática é prejudicial.

Leia também: O parto humanizado e a sua real definição.

A episiotomia pode causar:

  • Dano perineal
  • Aumenta a chance de dor pós parto e dispareunia (dor na relação sexual)
  • Aumenta o risco de edema local
  • Aumenta o risco de infecções e hematomas

    OBS: Jamais deve ser realizada sem consentimento da paciente.

Em poucas (raríssimas, pra não dizer nenhuma) situações podem ser indicadas.

Porém, a indicação será no momento do período expulsivo. Não existe essa de no pré- natal o médico dizer que tem que fazer episiotomia.

A atuação da equipe médica com fisioterapia pélvica é de suma importância durante o pré-natal.

Pois, trabalhos específicos na região perineal ajudam a preparar melhor a mulher para o parto normal, além de ajudar a diminuir e tratar incontinência urinária, por exemplo.

Com tudo, a episiotomia era feita com mais frequência, pois acreditava-se que era um ato em benefício da paciente. Obviamente que nenhum médico fazia com o intuito de prejudicar.

Porém, os tempos mudaram, os estudos e evidências científicas nos demonstram que essa prática deve ser abandonada.

Atualmente, pode ainda ser considerada violência obstétrica quando sem consentimento e o movimento atual de humanização e melhor assistência ao parto nos mostra que não devemos praticar tal ato.⠀

Se houver laceração no canal de parto, dependendo do grau de laceração nem será preciso suturar.

Por isso, a laceração um pouco mais profunda pode precisar ser sutura e mesmo assim o dano é muito menor do que provocar um corte com a episiotomia.

E você? Teve parto normal? Já tinha ouvido falar em episiotomia?

Comenta lá no post do nosso Instagram!

Nosso Instagram: Clínica Mantelli