Hora do banho: como deixar o bebê mais calmo e relaxado

A hora do banho pode ser um momento de muita tensão, afinal, o bebê ainda é muito frágil. Mas não se preocupe: neste texto vamos falar sobre como deixar o bebê mais calmo e relaxado na hora do banho. 

Isso porque o banho pode não apenas influenciar a noite de sono, mas é também um momento que merece muita atenção. É nessa hora que os pais têm um contato diferente com seu bebê, com ainda mais carinho e afeto.

Nada melhor do que um banho calmo e relaxante, não é mesmo? Em todas as fases da vida esse momento é prazeroso e não é diferente com os bebês. 

Mas para que tudo dê certo, os pais precisam estar confiantes e relaxados. Em geral, uma das primeiras coisas que se aprende antes de sair da maternidade é dar banho. 

Mas sempre vale uma dica de como fazer com que o banho seja mais do que um momento de higiene. Essas dicas são ainda mais valiosas para os pais de primeira viagem. 

Como deixar o bebê mais calmo e relaxado: temperatura e ambientação são fundamentais

Vamos começar pelo o que vem antes mesmo do banho: o ambiente.Ele precisa ser quentinho e calmo. A hora do banho precisa ser de tranquilidade, sem fazer nada com pressa ou sem atenção.

Outra dica que pode ajudar é prestar atenção na iluminação. Lugares com luzes mais quentes passam a sensação de aconchego.

Não dê banhos em lugares frios ou que pegue vento pois isso pode afetar a saúde do bebê, que está na água e sem roupas. 

Parece óbvio, mas essa é uma dica fundamental. Por serem muito frágeis e perderem a temperatura corporal com facilidade, é preciso evitar que os bebês passem frio, especialmente nesse momento. 

Outro ponto que segue nessa mesma linha é a temperatura da água. A temperatura certa para água é de, em média, 37 graus. 

Lembre-se que a água morna deve cobrir até os ombros do bebê. Pode acontecer dele estar chorando e ser porque ele não está coberto o suficiente. 

Não é necessário que seja água fervida ou filtrada. 

 

Para a hora do banho, o tempo ideal:

Evite ficar muito tempo com o bebê dentro da água. O banho precisa ser calmo, mas também objetivo. Afinal, como já falamos, eles perdem a temperatura corporal com facilidade. 

Limpe tudo muito bem, com carinho e cuidado, prestando atenção principalmente nas dobrinhas, atrás da orelha, rosto e área das fraldas. Mas não se distraia com outra coisa que não seja o banho nesse momento. 

Nesse momento, esqueça as notificações do celular e demais tarefas que estão por fazer em casa. O bebê irá perceber o nervosismo ou a pressa que o cercam e certamente também não conseguirá relaxar. 

Leia mais:: A importância do contato mamãe e bebê no pós-parto

 

Escolha os produtos certos e perceba a diferença:

Produtos neutros, próprios para bebês, também vão fazer diferença na hora de relaxar no banho.

É importante consultar o pediatra do bebê antes, para saber das possíveis reações, mas algo bastante recomendado são os óleos de banho. Em geral, eles são menos agressivos do que sabonetes.

Além disso, o óleo também pode ajudar a relaxar mais. Para isso, misture uma ou duas colheres de óleo de banho num recipiente com cerca de 1 a 2 Litros de água tépida. Só então, na sequência, misture com a água do banho.

 

Sair do banho é tão o banho em si:

Como falamos, passar calma e tranquilidade para o bebê é algo muito importante. Isso precisa estar presente não apenas durante o banho, mas na hora de sair da água também. 

Para isso, deixe todos os acessórios à mão. Assim você vai evitar precisar sair para buscar algo ou situações nesse sentido.  

É importante escolher uma toalha fralda ou uma toalha felpuda para que seja mais fácil secar o bebê. Lembre-se que ela também precisa ser grande o suficiente para tapar toda a criança. 

Na hora de secar, não esfregue. Apenas enxugue, com calma, para tirar o excesso de água.

 

Um momento de calma e relaxamento:

Um ambiente adequado, os produtos corretos, calma e atenção. Não existe segredo para que a hora do banho seja um verdadeiro momento de tranquilidade. 

Deixar o bebê mais calmo e relaxado depende muito da confiança que quem dará o banho passará para ele. 

Ainda que os primeiros banhos da vida da criança sejam estranhos e que ele por isso ela chora muito, é preciso não se desesperar. Logo o banho vai entrar na rotina e se tornar algo comum e prazeroso. 

Para saber mais sobre assuntos como esse, confira o nosso blog. 

Comentário

Nenhum comentário neste post. Faça o primeiro.

Deixe um comentário

WhatsApp