Suplementação na gravidez: quando ela é indicada?

A suplementação na gravidez é uma dúvida comum em todo casal. Ela é realmente necessária? O que deve ser suplementado? Quando devo iniciar a suplementação?

 

Essas, entre tantas outras dúvidas, recebemos praticamente todos os dias aqui na Clínica Mantelli. E não é para menos né? Afinal de contas, toda mulher deseja que seu bebê tenha todos os nutrientes necessários para seu desenvolvimento pleno.

 

E diante dessas dúvidas, preparamos o artigo abaixo falando sobre suplementação na gravidez. Vamos conferir?

 

Alimentação e suplementação

Alimentação e suplementação tão temas comumente confundidos. O primeiro refere-se à alimentação da mulher, que deve procurar manter uma alimentação balanceada e que privilegie todos os grupos alimentares.

 

Dessa forma, ela estará ingerindo todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento e fortalecimento do seu corpo. Em geral, é assim que deveria ocorrer normalmente, mas algumas vezes uma determinada vitamina ou mineral não é consumida adequadamente.

 

Além disso, com toda a transformação que o corpo da mulher passa ao longo da gestação, e da energia extra necessária para gestar outra vida, entra em cena a suplementação na gravidez. 

 

Aliás, é na gestação que provavelmente a mulher mais precisa de um bom aporte de nutrientes.

 

Um ponto importante é que a ausência ou mesmo baixos níveis de determinadas vitaminas e minerais ao longo da gestação afetam a formação do bebê. Dessa forma, é super importante que a suplementação comece antes mesmo da gestação.

 

Leia também::: Fertilidade: quais as chances de engravidar em cada idade?

 

Suplementação pré-gestação

Toda mulher que tem o desejo de se tornar mãe deve procurar um ginecologista antes mesmo de engravidar. Nesse momento, alguns suplementos já poderão ser indicados.

 

Eles visam garantir que o organismo da mulher já se adapte e torne-se mais equilibrado para receber o bebê. Além disso, essa suplementação pré-gestação garantirá que a formação do bebê já nas primeiras semanas ocorra da forma correta, mesmo que a mulher saiba que já está grávida.

 

Vale lembrar que é longo nas primeiras semanas que ocorre o fechamento do tubo neural. E quando o corpo feminino está devidamente preparado, isso evita problemas de má-formação.

 

Baixos níveis de ácido fólico podem causar essa má-formação. Ou seja, as primeiras semanas são essenciais para o desenvolvimento do feto e que determinarão diversos fatores que acontecerão ao longo da gestação.

 

E quando melhor e mais tranquila forem essas primeiras semanas, melhor será esse desenvolvimento.

 

Leia também::: Qual é a importância do pré-natal?

 

Suplementação na gravidez

Assim que a mulher descobre que está grávida, pode haver variação no tipo e quantidade de suplemento. Entre os fatores, estão a fase gestacional, o peso da mulher, idade, se é uma gestação gemelar, entre várias outras variantes. 

 

Ou seja, não há um padrão de suplementação na gravidez e cabe ao obstetra indicar aquilo que deverá suprir as necessidades da mulher. Ou seja, a suplementação deve ser personalizada para cada mulher.

 

Ao longo da gestação, as necessidades também mudam. Se no primeiro trimestre o metilfolato é essencial, outros suplementos também são. Eles garantirão a formação de ossos, cartilagens, cérebro e outras partes importantes do organismo do feto.

 

Porém, com o passar da gravidez, o obstetra poderá indicar outros suplementos, e reduzir ou mesmo suspender outros. Tudo isso precisa ser sempre acompanhado de perto, acompanhando as mudanças das necessidades e sempre embasado em exames que indicarão quais nutrientes estão em queda e precisam ser suplementados.

 

Cuide de você e do seu bebê!

Como você viu, a suplementação na gravidez é um aspecto muito importante. Por melhor que seja sua rotina alimentar, nem sempre o seu organismo extrairá todos os nutrientes necessários.

 

Uma vez que a gravidez ocorre, suas necessidades nutricionais mudam. Vale lembrar também sempre que uma mamãe forte é sinal de bebê forte.

 

Nesse sentido, se você já planeja engravidar, procure seu ginecologista ou obstetra. Ele poderá iniciar a suplementação necessária para que seu corpo esteja preparado para receber a incrível magia de uma gravidez.

 

Esperamos que as dúvidas sobre suplementação na gravidez tenham sido respondidas. E para saber mais sobre esse importante tema, confira o e-book feito pelo Dr. Domingos Mantelli sobre suplementos na gestação. É só clicar no botão abaixo!

 

 

Comentário

Nenhum comentário neste post. Faça o primeiro.

Deixe um comentário

WhatsApp