7 maiores dúvidas sobre a saúde íntima da mulher

A saúde íntima da mulher é um componente essencial para sua qualidade de vida. Qualquer problema deve ser tratado para evitar que algo pior venha a ocorrer.

 

A falta de informação, infelizmente, ainda é a responsável pela piora na saúde de milhares de mulheres todos os anos. Achar que determinada situação é normal, ou mesmo não dar a devida importância para um corrimento, por exemplo, pode trazer sérias consequências.

 

Por isso, preparamos este artigo com as 7 maiores dúvidas sobre a saúde íntima da mulher. Confira agora mesmo e conheça melhor seu corpo!

 

#1. Devo me preocupar com meu odor vaginal?

As vaginas têm um cheiro natural, mas os odores não significam necessariamente que há algo errado. Porém, quando mais intensos, podem indicar infecção bacteriana. 

 

Ao perceber qualquer odor diferente, não tenha medo de procurar seu médico ginecologista. Ele saberá lhe responder o que está acontecendo e indicar o tratamento correto.

 

#2. Se eu tenho dor durante o sexo, há algo errado?

Algumas mulheres sentem dor durante a relação sexual por diversos motivos, como falta de lubrificação ou mesmo vaginismo. Outras vezes, a dor pode sinalizar que há algo mais sério acontecendo, como cistos ovarianos ou endometriose

 

Se você sentir dor durante a relação sexual, é melhor consultar seu ginecologista. Ele pode determinar se há uma causa subjacente e, se não houver, oferecer sugestões para ajudar a aliviar a dor.

 

#3. Por que minha menstruação é tão intensa?

Os períodos menstruais são diferentes para cada pessoa. Normalmente duram em média 7 dias. Mas se o seu período durar mais que isso ou você achar que é mais intenso do que o normal para você, consulte o seu médico. 

 

Por exemplo, você pode ter miomas, que é uma condição que pode tornar a menstruação mais intensa. Você também deve falar com seu médico se você tiver sangramento ou manchas entre as menstruações ou se sentir dor ou cólicas fortes durante seu período menstrual.

 

#4. Corrimento vaginal significa que algo está errado?

Tal como acontece com os odores vaginais, algumas secreções vaginais são normais e podem indicar que a sua vagina está saudável. Uma quantidade normal pode mudar em frequência e espessura durante seu ciclo mensal. 

 

No entanto, se você notar um aumento na quantidade de secreção, sentir coceira ou queimação, sentir um cheiro ruim ou apresentar uma secreção branca e espessa, você deve falar com seu médico. Esses tipos de corrimento podem ser um sinal de infecção.

 

#5. Existe alguma diferença entre uma DST e uma IST?

DST significa doença sexualmente transmissível e IST significa infecção sexualmente transmissível. Esses termos são frequentemente usados ​​de forma intercambiável. 

 

Muitas pessoas usam o termo DST, mas geralmente é tecnicamente mais preciso usar IS. Isso ocorre porque “infecção” não significa necessariamente que você tenha sintomas, mas sim “doença”. Muitas pessoas com DSTs não apresentam sintomas.

 

#6. Posso fazer sexo enquanto estou grávida?

A maioria das mulheres pode desfrutar do sexo com segurança durante a gravidez. Durante a gestação, você desenvolve um tampão de muco cervical que protege o bebê de qualquer coisa que entre na vagina. 

 

Algumas mulheres com histórico de aborto espontâneo ou parto prematuro podem ter um risco maior com relação sexual e orgasmo, de acordo com um estudo publicado no Canadian Medial Association Journal. Seu médico pode ajudá-la a determinar se você deve se abster de relações sexuais durante a gravidez.

 

#7. Eu nunca tive um orgasmo. Isso é normal?

Problemas de orgasmo são o segundo problema sexual mais relatado, de acordo com um artigo na Annual Review of Sex Research. Entre 4% e 7% das mulheres têm distúrbio do orgasmo feminino. Isso significa que você não tem orgasmo, apesar da alta excitação sexual. 

 

Algumas mulheres também acham difícil ter orgasmo durante a relação sexual sem estimulação direta do clitóris. A terapia sexual, a masturbação ou a terapia cognitivo-comportamental podem ajudar algumas mulheres ao orgasmo.

 

Conheça seu corpo

É normal termos dúvidas e, mais importante, é buscarmos informações com credibilidade para respondê-las. Por isso, caso você tenha qualquer dúvida em relação ao seu corpo, procure seu ginecologista de confiança e fale de suas dúvidas. 

 

Isso não é um problema! Ao contrário, quando melhor você conhecer seu corpo, melhor você poderá aproveitar os bons momentos da vida!

 

Aqui na Clínica Mantelli temos uma equipe multiprofissional pronta para lhe atender em relação a qualquer das dúvidas sobre a saúde íntima da mulher. Entre em contato e agende uma consulta!

 

Comentário

Nenhum comentário neste post. Faça o primeiro.

Deixe um comentário

WhatsApp